As empresas em São Paulo, nos tempos de hoje, estão cada vez mais preocupadas com a questão ambiental, poluição dos rios e mares, reflorestamento e o ar que respiramos. Por esses, tão importantes, motivos, elas têm ido atrás de empresas de consultoria ambiental em SP para saber como funcionam, qual a qualidade do serviço prestado e suas efetividades.

Essas empresas de consultoria se especializaram no negócio por preocupação com o meio ambiente, claro, mas também por que identificaram uma grande oportunidade de mercado. Mas quais as estratégias que uma empresa interessada nesse tipo de consultoria deve adotar para ter sucesso em âmbito financeiro e ambiental? Vamos citar algumas dicas:

Pesquisar e receber indicações de consultorias especializadas em engenharia ambiental, ouvir propostas e preços é o primeiro passo. Agendar visitas sem compromisso para que apresentem suas propostas, mostrem seus preços, tempo de consultoria, se será permanente ou não.

É essencial conhecer os resultados dos processos realizados

Importante questionar quais os resultados o trabalho trará para o meio ambiente e em quanto tempo, são detalhes importantes a se observar e negociar.

Analisar os aspectos ambientais do local é outra dica. Tudo é levado em consideração e deve ser analisado pontualmente, caso a caso. A estrutura de uma empresa nunca será igual à outra, o solo onde foi erguida a construção, o preparo que esse solo recebeu, os encanamentos, qual o tipo de matéria-prima que cada empresa trabalha, são fatores observados por essas empresas de consultoria ambiental.

Feito isso, a próxima dica é a de que se exija um laudo de caracterização de vegetação (mesmo que usualmente essas consultorias já trabalhem com esse laudo). Não deixe de ter esse documento. Esse laudo é um relatório técnico que irá averiguar a área total da empresa e em seu entorno a característica da vegetação nativa, e se é uma área de preservação, se determinada árvore pode ser cortada, etc.

Um assunto de grande atenção e foco nos tempos atuais é o vazamento de óleo. O vazamento de óleo é um grande inimigo da natureza, que já comprometeu, e ainda compromete, grande parte da fauna e flora do nosso país.

Se atente aos detalhes!

Então mais uma dica: não deixe de checar se há algum vazamento ou se, por acaso, algum descarte de sobras e resíduos não estão sendo jogados na natureza de forma inapropriada. A consultoria lhe ajudará (e muito) nesse sentido.

Quanto ao modelo de laudo técnico, a empresa de consultoria contratada terá capacidade de te fornecer um bom laudo. Esse laudo deve, de maneira formal, mas simples, fornecer as informações mais relevantes no âmbito ambiental de sua empresa. Repare nesse laudo se informações como solo, vegetação, características da empresa, processos aptos ou até inaptos foram citados. Ele pode conter gráficos e fotos, se necessário. Nesse momento entra a sua opinião, participação e preferências também.
Converse com o consultor ambiental. Participe das vistorias, acompanhe de perto e questione caso alguma informação no laudo não tenha ficado concisa, de acordo com a sua opinião ou ponto de vista. A empresa é sua e apesar da opinião do especialista, as informações têm de ficar claras para você também.

O acompanhamento dos processos realizados é essencial

Falando um pouco sobre licenciamento ambiental, esse procedimento foi introduzido no Brasil no ano de 1981 e está de acordo com as políticas do meio ambiente.
Exerce controle e acompanhamento das atividades de uma empresa que utiliza algum recurso natural em sua produção, que seja poluidora ou que possa causar alguma degradação ao meio ambiente. Importante ter a licença e trabalhar dentro das leis e normas do nosso país.

Por último, trazemos a dica do Kit de emergência ambiental e acredito que a pergunta seja: para que serve? O kit é algo para ser usado em uma emergência, como a contenção de um vazamento, de pequeno e médio porte, em alguma parte da empresa, como as áreas externas, armazenamentos de fluídos, máquinas, equipamentos e até no envio ou recebimento de materiais.

Esses kits são formados por luvas, óculos de proteção, sacos de lixo, toalhas absorventes e devem ficar sempre à disposição dos funcionários de forma acessível. Parece pouco, mas um kit usado corretamente na hora certa pode salvar vidas e evitar danos ambientais imensuráveis. Rampas fixas ou móveis instaladas próximas às áreas de manuseio desses materiais também são úteis a fim de evitar vazamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *