Já é consenso entre os cientistas: sem água, não há vida. Presente no interior do corpo humano, nas plantas que usamos como alimento e usada para a higiene e outras tarefas cotidianas em nossa sociedade, ela é, sem dúvida, um elemento essencial.

Contudo, não é qualquer líquido que pode ser consumido por humanos com segurança: é preciso que ele seja considerado água potável.

Na prática, ela deve ser insípida, inodora e incolor, ou, em outras palavras, sem cor, gosto ou cheiro. Normalmente, a água que chega a casas a partir da rede de distribuição regular tem estas características.

O problema é que tais redes não são perfeitas, e, assim, tendem a apresentar falhas de tempos em tempos. Quando isso acontece, é preciso providenciar uma solução de transporte de água potável que preserve suas características e garanta que ela não representará um risco para quem a consumir.

Quer aprender mais sobre isso? Então continue lendo e confira algumas informações importantes a respeito deste tipo de transporte,como ele é feito e quais são os cuidados necessários:

Como é feito o transporte de água?

A alta dependência que a humanidade tem da água fez com que fosse criado um veículo especialmente para transportá-la: o caminhão pipa. Após a adaptação, ele passa recebe uma série de equipamentos necessários para realizar a tarefa, tais como:

  • Tanque de armazenamento;
  • Mangueiras;
  • Bomba;
  • Pode haver um reforço nos freios, por conta do peso.

Muitas vezes, o próprio poder público dispõe de uma frota destes veículos, de modo a atender às necessidades da população em caso de seca ou se houver problemas na rede de distribuição de água. Além disso, há empresas que oferecem caminhões do tipo para aluguel, serviço que costuma ser contratado por empreiteiras e agricultores.

Vale ressaltar que, neste último caso, o caminhão pipa preço pode variar conforme fatores como a empresa que presta serviço, a capacidade do veículo e a distância que terá que ser percorrida por ele. Portanto, é sempre importante fazer uma pesquisa de preços.

Quando o caminhão pipa pode ser usado?

Ao contrário da crença popular, este veículo não é usado apenas para resolver problemas relacionados à interrupção do abastecimento para a população.

Na realidade, um caminhão de água também pode ser usado para irrigação, aplicação de asfalto, controle de poeira, entre outros. Por conta disso, trata-se de um item muito procurado por empresas dos mais diversos segmentos.

Quais são os cuidados necessários?

Apesar de os caminhões-pipa serem projetados especialmente para o transporte de água, eles requerem alguns cuidados, de modo a garantir que a água chegue ao seu destino em bom estado de conservação e própria para o consumo. Confira algumas dicas para isso a seguir:

Alvará da vigilância sanitária

Ao alugar um veículo para o transporte de água, é essencial verificar se a empresa que presta o serviço atende a todas as exigências legais para tal.

Um dos mais importantes é a obtenção do alvará na Vigilância Sanitária: trata-se de um documento que comprova que o estabelecimento passou por uma vistoria de um fiscal deste órgão, e que ele não encontrou nenhum ponto problemático em suas práticas ou instalações.

Deste modo, o preço caminhão pipa de um fornecedor seja extremamente em conta, mas ele não disponha de tal documento, é melhor procurar outro. Afinal, não há nenhuma garantia de que o negócio cumpre as normativas de higiene.

Uso exclusivo dos equipamentos

Quando se trata das normas de uso dos caminhões-pipa, uma das mais importantes é que seus componente devem ser usados exclusivamente para o transporte de água.

Na prática, caminhões usados para transportar outros líquidos, como combustíveis e fertilizantes, jamais devem ser empregados no transporte de água. Do contrário, o risco de contaminação e de problemas de saúde pública é grande.

Altos padrões de higiene

Por mais que a água transportada em caminhões-pipa seja limpa e potável, o tanque e seus acessórios devem ser limpos periodicamente.

De acordo com o Ministério da Saúde, o procedimento deve ser realizado uma vez ao mês, ou sempre que houver a mudança da fonte onde o líquido é recolhido.

A higienização deve ser feita com uma solução desinfetante aplicada por profissionais munidos de todos os equipamentos de proteção individual necessários, como luvas, máscara e roupa adequadas. Deste modo, garante-se que o procedimento será seguro e eficiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *