análise meio ambiente

Os diferentes aspectos que envolvem a correta execução de uma obra são fundamentais para que o meio ambiente seja preservado e isso já faz parte de um grande número de construções atuais.

Por isso, a gestão ambiental tem se mostrado cada vez mais necessária, sendo responsável por fornecer meios de capacitar a completa execução de um projeto seguindo os parâmetros de segurança que regem os cuidados com o meio ambiente.

Sendo assim, muitos dos planejamentos hoje exigem uma bagagem teórica sobre o assunto, sendo capazes de propor alguns procedimentos que tornam cada etapa de um projeto ecologicamente correta. Ou seja, apta para ser executada de acordo com as normas impostas para esse tipo de atividade.

Assim, é muito comum que ocorra a contratação de empresas de consultoria ambiental que são responsáveis por dar suporte aos profissionais envolvidos no desenvolvimento do planejamento.

Isso deve ser feito de forma a instruir de maneira mais acertada sobre os procedimentos autorizados e as maneiras mais eficientes de colocar em prática grande parte das ações necessárias para realizar o empreendimento.

Abaixo, serão mencionados alguns dos processos fundamentais para que uma construção possa ocorrer da maneira adequada, ao mesmo tempo em que oferecem uma solução eficiente dentro das etapas de obras. Mas, antes, é preciso entender como atua uma empresa de licenciamento ambiental.

O que faz uma empresa de licenciamento ambiental?

A importância de uma Empresa de licenciamento ambiental dentro de um projeto de construção é estrutural.

Isso porque ela fornece meios de promover uma construção adequada respeitando as normas e leis vigentes, ao mesmo tempo em que atua a favor da natureza e contribui positivamente com processos de construção.

Entre suas principais atividades está o gerenciamento de equipes responsáveis por analisar um determinado terreno e verificar quais dos processos previstos no projeto podem ser executados sem causar danos à região, ao mesmo tempo em que oferece alternativas de atuação.

Nesse cenário, algumas dessas atividades precisam estar licenciadas pelos órgãos responsáveis, como o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), para que possam ser realizadas sem causar prejuízos ambientais.

Algumas dessas atividades são:

  • Extração de minerais;
  • Agropecuária;
  • Estudos de biotecnologia;
  • Construção de estações de água e esgoto;
  • Instalação de fábricas.

Por isso, alguns desses processos exigem que sejam realizados estudos e análises prévias, que atestam a possibilidade de efetuar diferentes tipos de ações sem prejudicar ao meio ambiente e à população local.

Isso envolve diferentes estudos, tal como o levantamento planialtimétrico, que será abordado abaixo.

O que é o levantamento planialtimétrico cadastral?

O Levantamento planialtimétrico cadastral é um estudo que visa representar precisamente as características de um terreno, sendo um dos principais instrumentos utilizados para que o trabalho de engenheiros, arquitetos e outros profissionais envolvidos possam atuar de maneira mais acertada no local.

Este levantamento mostra os desníveis presentes no terreno, tais como:

  • O de um açude;
  • O de um curral;
  • O de uma plantação;
  • O de uma mata;
  • O de um brejo.

Desse modo, ao projetar digitalmente o terreno analisado, é possível verificar cada um dos seus níveis, de modo que torna a precisão das atividades mais específicas, sendo um auxílio eficiente para o planejamento de cada etapa de um projeto.

Esse levantamento permite que serviços como o de terraplanagem, pavimentação ou compactação de solo possam ser feitos de maneira mais acertada dentro de um terreno.

Afinal, esses são processos fundamentais da área de construção, que precisam de um aval técnico que identifique o tipo de solo para que eles possam ser aplicados corretamente.

Os processos de gestão e a sustentabilidade do meio ambiente

Alguns dos processos e estudos realizados em terrenos visam obter informações mais detalhadas sobre sua composição, sendo diretamente responsáveis por fornecer dados que impactam diretamente no tipo de ação necessária para promover um serviço e por aumentar a eficiência de sua estrutura.

Alguns dos estudos responsáveis por analisar e referenciar essas áreas são:

  • Agrimensura;
  • Topografia;
  • Sensoriamento;
  • Georreferenciamento.

Esses estudos fazem parte do processo de gestão de uma obra e são diretamente responsáveis por promover a sustentabilidade ambiental em um projeto de construção.

Por isso, as análises realizadas por empresas de licenciamento e a consultoria prestada nas etapas de um projeto de construção tornam esses empreendimentos capazes de preservar o meio ambiente e também de atuar cumprindo seus objetivos de maneira mais correta.

Desse modo, é possível conciliar uma construção em uma determinada área com a conservação dos elementos naturais de uma região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *